[one_half]

Capítulo 2

Esse grupo não pensava constituir uma religião distinta do judaísmo; dele não se isolou em seu início. Divergiam apenas no fato que criam e pregavam que Deus em Cristo cumprira a promessa da vinda do tão esperado Messias – Jesus Cristo. Eles participavam dos atos realizados no Templo, guardavam o sábado e outras expressões da fé judaica. Mas, no primeiro dia da semana os cristãos se reuniam em um cenáculo, celebrando a ressurreição do Senhor Jesus. Atos dos Apóstolos 2.46, afirma sobre isso: “Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração”.

Com a adesão de novos convertidos o grupo inicial tomou maior expressão. Algo diferente ocorria com eles: sinais e milagres se sucediam e a vida desse grupo de pessoas era diferente. Expressavam entre eles um amor inteiramente diferente, possuíam uma graça especial ao testemunhar que Jesus era o Senhor das suas vidas, pois, ele era o Messias – o Cristo – e, também, a fé que demonstravam em sua pessoa, impressionava a muitos. O crescer dessa nova comunidade, entretanto, suscitou as perseguições vindas das autoridades israelitas, pois não os podiam controlar. Assim, ocorreu a morte do primeiro mártir da fé em Cristo – Estevão. Um homem forte se levantou e assumiu a liderança do extermínio da nova crença. Saulo, de Tarso tomou a si a obra de aniquilar os que eram reconhecidos como “os do Caminho”.

Quando “levantou-se grande perseguição à igreja de Jerusalém; e todos exceto os apóstolos, foram dispersos pelas regiões da Judéia e Samaria…” (Atos 8.1), alguns foram para outros lugares e houve quem chegou aos confins da terra. O evangelho se espalhou. Surge no meio cristão a figura de Paulo – o perseguidor que se tornou em um perseguido, por amor de Cristo! Tomando caminhos novos ele expandiu a fé cristã, levando-a até a capital do Império Romano, onde, pelo seu testemunho, muitos aderiram à fé em Cristo.

Por Erasmo Ungaretti


Tags:

[/one_half]

Confira Também

Agenda 2016

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284