[one_half]

Capítulo 9

A IGREJA NO PERÍODO QUE PRECEDE A REFORMA

No IV século da Era Cristã, diante dos desmandos da vida social e religiosa de grande parte da população e, em especial, da cúpula dirigente da Igreja [a vida dos Papas era extremamente mundana], surgiu em muitos religiosos o desejo de terem uma vida espiritual mais autêntica, mais pura e piedosa. Não encontrando o que aspiravam na Igreja que perdera a sua autenticidade, nem nas comunidades em que viviam, buscaram na vida de solidão, de oração e jejum, o que as suas almas ansiavam. Assim, afastando-se para lugares desertos, isolados do mundo, passaram a viver como eremitas. Dessa busca de solidão surgiu o que foi denominado “movimento monástico”. Entre os muitos monges que viveram em recolhimento, Santo Antão se destacou pela sua vida de devoção a Deus e de santidade.
Esse movimento, na Idade Média, teve uma expressão mais ampla com o surgir dos monastérios e conventos. Esses eram lugares que abrigaram pessoas que buscavam uma vida comunitária de recolhimento espiritual e de inteira consagração a Deus e ao seu serviço. No ocidente a primeira ordem religiosa que surgiu foi a dos Beneditinos, iniciada por São Bento, no ano de 529 A.D, no Monte Cassino, entre Roma e Nápoles, na Itália. Após, São Bento instituiu três regras básicas para os seus monges: obediência, castidade e pobreza; regras que foram, mais tarde, adotadas por outras congregações masculinas e femininas. Após, vieram os Circenses (na França) 1112; os Franciscanos 1209 (na Itália), esta fundada por São Francisco de Assis. Os Dominicanos surgiram em 1215 (na Espanha), instituída por São Domingos. Essas duas ordens citadas por último receberam a alcunha de “ordens mendicantes”, pois seus monges eram extremamente pobres, vivendo das esmolas que recolhiam de casa em casa.

Nesses séculos de desentendimento, brigas, busca de domínio e de desmandos na Igreja, especialmente em sua cúpula, outras ordens monásticas foram surgindo, tornando-se centros de quietude, paz, estudo, pregação, catequese, evangelização, cuidado de enfermos e de hospedagem de viajantes. Muitos monges serviram como missionários, espalhando-se pelo mundo, abrindo conventos, escolas, lugares onde acolhiam enfermos, mendigos e órfãos.

Ainda na Idade Média, diante da precária situação da igreja, começaram os primeiros movimentos reformadores. Esses movimentos tiveram que enfrentar um mundo que não estava preparado para recebê-los. Dessa forma foram reprimidos em sangrentas perseguições.


Tags:

[/one_half]

Agenda 2017

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284