[one_half]

CARTA DE JESUS CRISTO À SUA NOIVA

Com adaptação de Samuel Farias, presbítero em Campina Grande, Paraíba.

Nova Jerusalém celestial, à direita do trono de Deus.

Boa noite querida noiva. Saudades.

Aqui quem escreve é Jesus, o filho de Deus, mas também, o filho de Maria, o carpinteiro de Nazaré, o filho do homem, como alguns me chamam. Neste momento estou vestindo uma longa túnica branca com um cinto todo de ouro à altura do peito. Minha cabeça, meus cabelos estão brancos, como a lã, como a neve. Meus olhos estão como chamas de fogo. Da minha boca sai uma espada afiada de dois gumes e meu rosto está brilhando como o sol de meio-dia.

Eu sou o primeiro e o último, o Alfa e o Ômega. Estive morto, mas eis que vivo. Sou o primogênito dentre os mortos. O príncipe dos reis da terra. A fiel testemunha, o Amém. Tenho as chaves da morte e do inferno. Tenho as chaves de Davi. O que eu abro ninguém fecha e o que eu fecho não tem quem abra.

Eu amo você e libertei você dos seus pecados pelo meu sangue.

Eu espero que você me ame, mas eu te amei primeiro. Meu amor é a fonte do seu amor.

Minha noiva, tem algumas coisas em vocês que eu amo, que me fascinam. Tenho muitos elogios a vocês.

Amo o trabalho de vocês, sei que alguns se esforçam tanto, que se dão ao trabalho para mim, que perdem noites de sono pensando, planejando, trabalhando. Eu fico feliz.

Amo a perseverança de vocês, alguns me seguem há tantos anos, passaram por tantas lutas, tantas tribulações, mas não desistiram, continuam perseverando. Viram alguns cair, outros causarem escândalo, mas não se apoiaram nos homens, perseveraram.

Alguns de vocês não toleram os maus, eu também não tolero. Gosto deste zelo que vocês têm pelas minhas coisas. Como vocês se escandalizam e se espantam de que alguém blasfeme o meu nome. Como se assustam quando alguém faz o mal a meus pequeninos.

Como fiquei feliz que vocês provaram aqueles que se diziam apóstolos, mas não eram, vocês discerniram, verificaram, foram firmes, não se deixaram seduzir pelas heresias deles.

Sabe uma coisa que eu amo em alguns de vocês?  É que vocês não desanimam. Ninguém tira o ânimo de vocês. Em meio a lutas, tribulações, perseguições e sofrimento, mas em tudo vocês têm dado Graças ao Pai e tem permanecido animados, aquecidos.

Vocês odeiam as coisas que eu odeio. Eu criei vocês para serem iguais a mim, como me alegro quando encontro em vocês um sentimento igual ao meu.

Alguns de vocês vivem em um ambiente tão hostil, onde está o trono de Satanás, mas conservaram o meu Nome. Vocês não se envergonharam de mim. Vocês me honraram, mesmo sofrendo perseguições.

Agora, sabe o que mais mexe comigo? É o amor. Quando eu vejo vocês se amando uns aos outros eu tenho a sensação que valeu a pena tudo que sofri. Quando um pai ama seus filhos, quando um casal se ama, quando dois amigos se preferem. Quando dois noivos se guardam! Oh! Como fico feliz! Aquele que não ama não me conhece. Eu sou Amor.

Outra coisa que me agrada é a fé, sem fé é impossível me agradar. Alguns me viram face a face e me rejeitaram, me feriram, me traspassaram, mas vocês não me vendo me amam, não me tocando, mas crendo, com gozo indizível, me amam. Eu amo esta fé que leva vocês a me pedirem, eu respondo com alegria, quando vocês pedem com fé.

Também amo a expressão de amor e fé através do serviço. O serviço dos santos é o amor encarnado, é a fé prática. É a maior expressão do amor e da fé. Alguns aí dizem que me amam, mas como? Se não amam gente que eles veem todos os dias, não amam. Quem me ama, ama os demais. E este amor os leva a servir.

Além da perseverança, tenho visto que muitos de vocês estão fazendo mais agora do que no princípio, suas últimas obras são mais numerosas que as primeiras.

Outra coisa que eu amo é os que guardam a minha palavra, quem me ama guarda as minhas palavras e meu Pai o ama e nele fazemos morada.

Eu sei que para alguns de vocês a coisa não está fácil. Tem gente que vive na presença dos maus, alguns estão sendo assediados pelos falsos apóstolos e falsos profetas. Alguns estão numa pobreza, em meio a muitas tribulações, alguns não vão se sair delas. Sofrem pelos que se dizem meus e não são. Alguns de vocês estão e outros serão presos, eu sei que está difícil, eu passei por tudo isso. Alguns têm uma vizinhança difícil. Há alguns de vocês que estão sendo vítimas de perseguição e martírio. Outros estão numa perseguição disfarçada, em meio à falsa paz, falsa prosperidade. Se alguém viver de verdade para mim, será perseguido.

Perseverem, eu volto logo. Quem perseverar até o fim vai receber a coroa da vida. Não tenham medo. Eu venci o mundo. Eu estou à porta e bato, ouça a minha voz e abra a porta, para cearmos juntos. É da nossa comunhão que você depende para viver. Sem mim nada você pode fazer.

Tenho algumas advertências: Alguns de vocês deixaram o primeiro amor, me deixaram, estão fazendo as obras para mim, mas sem mim. Eu não quero escravos, quero uma noiva. Vocês se lembram de Marta e Maria? Vocês não tem ideia de como foi bom naquele dia ter Maria aos meus pés. Marta estava fazendo comida para mim, mas eu não estava nem com fome, eu queria mesmo era a atenção de Maria. Eu amo quando vocês me preferem, quando eu sou o primeiro.

Tem uma canção de vocês que se fosse verdade seria a minha preferida, “ Que sejas meu universo, que de manhã seja o primeiro pensamento e a luz em minha janela…”

Alguns de vocês toleram os falsos profetas, convivem pacificamente com aqueles que se dizem irmãos, mas são fornicários, impuros, idólatras. Eu não gosto desta mistura. Para mim ou é ou não é. Tem gente que tem nome que está vivo, mas está morto. Tem os que nem são quentes nem frios, são mornos. Você já bebeu água morna? Estou a ponto de vomitar. Esses que se dizem monoteístas, que acreditam em Deus, que são judeus, mas não acreditam no Filho. Cuidado com eles. São mentirosos. A sinagoga deles é a sinagoga de Satanás. Ainda tem os discípulos de Balaão, aquele avarento que instruiu Balaque a armar cilada contra meu povo. Tem muitos destes misturados no meio de vocês. Cuidado!

Ainda tem gente se achando. EU sou rico, famoso, poderoso- dizem. É nada. Tu és miserável, pobre , cego e nu.

Lembre-se de onde você caiu. Arrependa-se e volte.

Tenha cuidado, pois eu posso voltar na hora que você não espera, aí tirarei seu castiçal. Cuidado para que ninguém roube sua coroa.

Ao que vencer darei de comer da árvore da vida no paraíso do meu Deus; Não sofrerá a segunda morte; Comerá do maná escondido; receberá um nome novo numa pedrinha branca; darei autoridade sobre as nações para regê-las com cetro de ferro. Andarão comigo com vestes brancas; não riscarei seus nomes do livro da vida, pelo contrário eu o reconhecerei diante do meu Pai; Farei dele uma coluna no santuário do meu Deus e não a removerei de lá. Escreverei nela o nome do meu Deus e o meu novo Nome e o nome da cidade do meu Deus, a Nova Jerusalém e vão se assentar comigo no meu trono, assim como eu venci e estou assentado à direita de me Pai no seu trono.

PS. Eu te Amo.


Tags: , , ,

[/one_half]

Confira Também

Agenda 2016

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284