[one_half]

Contemplando a glória do Senhor

Por Moysés Cavalheiro de Moraes

Esta não é uma experiência mística especial. Não é um estado desfrutado por gigantes espirituais através de arrebatamentos, visões ou depois da morte. Como sabemos disto?
Paulo, o apóstolo, diz: “Todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem” (2 Coríntios 3.18).
Todos nós – não alguém especialmente dotado ou iluminado – contemplando a glória do Senhor. Mas nós – todos!
A chave deste versículo é a palavra “contemplando”. Contemplar não é olhar rápida ou descuidadamente, nem é olhar por acaso ou por hábito superficial. O dicionário de nossa língua diz que é “olhar atenta ou embevecidamente, considerar com admiração ou com amor; admirar, apreciar”.
Individualmente ou como igreja somos convidados a contemplar a glória do Senhor. Temos de ver Jesus espiritualmente e fixar os olhos nEle. Uma menininha, na sua simplicidade, orou assim: “Querido Jesus”. E Jesus lhe respondeu: “Querida Aninha”. “E ficamos olhando um para o outro”.
Fazemos sempre uma dessas coisas: ou olhamos rapidamente para Cristo e contemplamos os problemas, dificuldades e desapontamentos; ou contemplamos a face de Cristo e olhamos rapidamente para os desapontamentos, para as dificuldades e para os problemas. Onde estão detidos os nossos olhos espirituais?
Este é um momento da Igreja não ficar contemplando homens e seus motivos, desajustes e problemas. É hora de olhar para Cristo!
A palavra é que, assim “somos transformados de glória em glória, na sua própria imagem”. E o apóstolo acrescenta: “como pelo Senhor, o Espírito”.
Desviemos nosso olhar do transitório de nossas dificuldades e contemplemos o eterno da face de Jesus.


Tags: , ,

[/one_half]

Agenda 2017

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284