[one_half]

Cristo, nosso cordeiro pascal

A Páscoa, para o judeu, é a passagem da escravidão do Egito para liberdade na terra de Canaã, a terra prometida. Páscoa significa: passagem.

Foi nesta páscoa judaica (que prefigurava a obra de Cristo) que Jesus celebrou a sua páscoa, isto é, a sua passagem da morte para a vida da ressurreição dentre os mortos.

Estas duas ceias, a judaica e a cristã, podemos ver no evangelho de Lucas 22. Nos versículos 14 a 18, temos a páscoa judaica; nos versículos 19 a 20 temos a páscoa cristã. Perceba que o cálice do versículo 17 é da páscoa judaica, mas o cálice do vesículo 20 é da páscoa cristã. No segundo cálice Jesus diz: “Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós”. O primeiro cálice é a antiga aliança; o segundo cálice é a nova aliança. O primeiro cálice lembra o sangue de animais; o segundo cálice lembra o sangue de Jesus. Assim, a páscoa cristã tomou o lugar da páscoa judaica.

Quando comemoramos a páscoa, ao tomarmos a ceia do Senhor, comemoramos a páscoa cristã. É a nova aliança no sangue de Cristo, é a passagem da morte para a vida da ressurreição. É a nossa esperança da vida abundante e vida eterna.

Paulo exalta a obra de Cristo, nos chamando para comemorá-la. E completa dizendo quem é o nosso amado Senhor Jesus: “Cristo, nosso Cordeiro pascal” (1 Corintios 5.7).


[/one_half]

Agenda 2017

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284