[one_half]

Entrevista com Moacir Adornes

Como foi sua infância e como conheceu Jesus?

Nasci em Uruguaiana-RS em 17 de novembro de 1957. Na minha infância vivi bons momentos em uma estância onde meu pai era capataz (até os sete anos) e ali pude ter minha primeira experiência no cuidado de ovelhas. Permaneci em Uruguaiana até 1973, quando, aos quinze anos, minha família veio para Porto Alegre. Nascido em uma família católica não tive oportunidade de conhecer o Senhor Jesus na minha infância, mas houve uma experiência que quero mencionar. Foi quando um missionário (Evangelho quadrangular) esteve em Uruguaiana e minha mãe ia aos cultos ao ar livre. Lá este amado cujo nome eu nunca soube, impôs suas mãos sobre mim e outras crianças e ali creio eu o Senhor começou a obra de conquistar meu coração para ele.

Em janeiro de 1977 casei-me com Edoloí, minha preciosa esposa e amiga há 35 anos.

Em 1983 aos 26 anos num encontro na Igreja Assembléia de Deus estávamos Edoloí e eu acompanhando uns tios, e lá estava meu amado irmão Moisés Batista impondo suas mãos sobre nós e testemunhando o momento mais precioso de toda a nossa vida: o dia em que recebemos Jesus como nosso Senhor e Salvador. No dia 05 de fevereiro de 1984 fomos batizados nas águas.

Como sucedeu seu chamado ministerial?

O dia 31 de dezembro de 1983 foi o dia em que entregamos nossa vida ao Senhor e no mesmo dia falei para meu amado Jânio Petrocelli que perseverou incansavelmente evangelizando nossas vidas até ver o fruto (hoje vive na Bahia), que eu não ficaria assistindo nos bancos, mas sairia para proclamar o evangelho de Jesus, o que de fato fiz.

No ano de 1987 passamos a congregar aqui com os irmãos onde fomos sendo santificados pela palavra do Senhor. Fomos discipulados por Airton (faleceu neste ano) e Márcia um irmão que contribuiu tremendamente na nossa formação tanto no caráter como no serviço ao Senhor. Em agosto de 1993 eles foram para São Paulo e o Rogério e a Alzira passaram a cuidar-nos no que perseveram até hoje e a quem somos muito agradecidos.

Em 1993 o presbitério chamou-me para fazer parte de um grupo de auxiliares de supervisão junto com outros amados.
Em maio de 1995 já bastante envolvido no cuidado das ovelhinhas que o Senhor nos tinha confiado, orei ao Senhor pedindo outro trabalho que me permitisse ter mais tempo para o serviço a ele. Foi quando num jejum e oração dos irmãos do presbitério o meu nome foi indicado pelo Senhor para contribuir neste encargo que começou no dia 04/06/1995 e no qual sirvo ao Senhor e a sua igreja até o dia de hoje.

O que deseja dizer à amada igreja de Cristo após tantos anos de serviço?

Que Cristo a ama de tal maneira que a si mesmo se entregou por ela, e o que está no seu coração é recebê-la para si, igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.

“E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção, para aprovardes as coisas excelentes e serdes sinceros e inculpáveis para o Dia de Cristo, cheios do fruto de justiça, o qual é mediante Jesus Cristo, para a glória e louvor de Deus”.

A Ele seja a glória!


[/one_half]

Confira Também

Agenda 2016

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284