[one_half]

Minha vida um milagre

Sou portador de uma síndrome rara chamada Wernick Hoffmann, apelidada de “boneco de pano” e “boneco de trapo”, pela semelhança da mobilidade (moleza) corporal, precisando de apoios para sentar, firmar a cabeça, etc. Trata-se de uma síndrome que acarreta em terminalidade de vida por apresentar degeneração óssea, distrofia e degeneração muscular, acarretando com isso deformidade física progressiva, perda de movimentos e problemas cardio-respiratórios. A expectativa de vida dessa doença é até os sete anos de idade e raros casos chegaram aos quatorze anos, não sendo encontrado na literatura médica casos acima desta idade, dizem meus médicos. No entanto, neste mês de abril completo 31 anos.

Com sete anos de idade (idade que para mim e meus pais era o período determinado de vida) comecei a ficar muito debilitado. As profecias médicas pareciam cumprir-se e eu perdia movimentos, meu corpo se deformava (atrofiando e encurvando) e acrescia minha dificuldade de me acomodar sentado. Com a deformidade de minha caixa torácica as costelas perfuravam alguns órgãos, necessitando hospitalização. Lembro da dor que era intensa e dos medicamentos que não faziam mais efeito. Com momentos contados de vida (podendo ser algumas horas ou alguns dias), então fui para casa e recebia visitas de amigos, vizinhos e familiares.

Uma conhecida de minha mãe então foi me visitar e disse que Jesus me curaria, pois Ele teria um propósito para minha vida, e pediu para orar por mim. Meu pai revoltou-se e não permitiu, mas minha mãe esperou um momento oportuno e, em desespero e fé, levou-me até ela. Ela então colocou as mãos em minha cabeça e orou em nome de Jesus. Foi minha primeira experiência com meu Senhor! Lembro do alívio da dor que senti e dos estalos nos locais das dores. Quando cheguei em casa pedi para sentar e comer, pois fazia três meses que não sentava e não comia nada sólido. Dois dias depois pedi para retornar para a escola, onde os colegas me receberam com surpresa. Lembro que uma colega me perguntou se eu tinha voltado do céu.

Enfrentei muitas outras dificuldades no percurso da minha vida, mas em todas elas não faltou o poder de Jesus sobre mim. Não há médico que me examine e que não diga que sou um milagre vivo, principalmente ao ver costelas “grudadas” em meus pulmões repletos de bronquiectasias e ver-me sem uso de oxigenioterapia.

Algumas pessoas, ao me ver, esperam um milagre, mas milagres Ele tem feito a cada dia! Há um cântico que diz: “se diante de mim não se abrir o mar, Deus me fará andar por sobre as águas” e eu digo: “se dentro de mim não se abrirem os pulmões, Deus me fará respirar com os Dele”. Aleluia!!!

Milagre é o poder de Deus de REAVER os acontecimentos naturais. Pelas profecias naturais (da medicina), eu estaria no mínimo moribundo em uma cama de hospital, mas Deus permitiu eu passar para o outro lado da cama: do lado de paciente para o lado da equipe médica, transformando o moribundo em Bacharel em Psicologia e especialista em Psicologia Hospitalar. Isso é poder Dele!!! Ele substituiu a profecia dos homens pela Profecia Dele: “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados” (Is 53.4-5).

Aleluia, Senhor! Tu és tremendo!

Cláudio Luciano Dusik


[/one_half]

Agenda 2017

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284