[one_half]

O que Deus uniu – Parte II

Na Sua resposta aos fariseus acerca do divórcio, “…que o homem não separe o que Deus ajuntou”, Jesus trazia à mente dos seus ouvintes não somente a figura de uma junta de bois, mas também a de uma balança antiga no uso do verbo unir.

Com seus dois pratos ou bandejas suspensas da mesma barra transversal, a balança tem sempre sido a representação do equilíbrio. Na parceria do casamento, Deus concedeu ao homem a tarefa de liderança, mas em contraponto, deu à mulher a responsabilidade de auxiliadora idônea (Gn 2.18). Com os dois vivendo no Espírito, as virtudes produzidas pelo Espírito proporcionarão para o homem a capacidade de cumprir seu papel com amor e humildade, sem se exceder na sua autoridade, nem fraquejar. À mulher será dada a graça de respeitar a liderança de seu marido, ajudando-o sem tentar usurpar sua chefia, nem, ao contrário, anular sua própria personalidade e dons para viver a vida a dois.

Juntos, como casal e família, eles se empenharão na obra de Deus a partir do seu lar.

A balança também, segundo o dicionário “Aurélio”, tem simbolizado a prudência e a ponderação. Ao longo da vida, surgem muitas ocasiões que requerem a aplicação de discernimento e muita sabedoria para o bom êxito e a solução de problemas. Isto pode acontecer quanto ao relacionamento dos dois cônjuges, ou com os filhos, ou com a família mais extensa, ou com discípulos agregados, ou ao lidar com os que estão sendo evangelizados. Com os dois parceiros enfocados no mesmo assunto haverá um discernimento mais acertado e uma sabedoria mais ampla.

Feliz é o casal onde o homem sabe ouvir o parecer de sua esposa e a mulher valorizar o juízo do seu marido. Como Salomão disse na Antiguidade: “Melhor é serem dois que um, porque tem melhor paga do seu trabalho” (Ec 4.9). O apóstolo Paulo também referiu-se a esta participação recíproca quando disse: “No Senhor, todavia, nem a mulher é independente do homem, nem o homem independente da mulher” (1 Co 11.11).

Trabalhando juntos, o casal não somente goza a bênção e provisão de Deus nas suas vidas e no seu lar, mas faz sua parte para estabelecer “o reino de Deus e sua justiça” na terra (Mt 6.33).


[/one_half]

Confira Também

Agenda 2016

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284