[one_half]

Um pouco de nossa história local

O ano de 1973 é lembrado como o ano da “explosão carismática” entre os irmãos metodistas em nossa cidade, mas já havia um “mover das águas do Espírito” com alguns irmãos insatisfeitos em suas diferentes denominações alguns anos antes.

No ano de 1972 esteve em nossa cidade o pastor David Wilkerson, fundador do primeiro Centro de Recuperação Desafio Jovem na cidade de Nova Iorque e que deixou uma semente fértil para a libertação de muitos jovens dependentes de drogas. Temos uma vívida lembrança quando, após sua poderosa e ungida pregação, dezenas de jovens jogaram aos pés daquele pastor um amontoado de cartelas, seringas e drogas pondo um fim à sua escravidão. Nesta ocasião, Deus tocou profundamente o coração de uma serva de Deus, Noemi Bandeira da Silva, que passou a cuidar de alguns destes jovens. Este gesto veio dar início à Chácara de Recuperação Nova Vida, atualmente ocupando 40 hectares de terra no município de Sertão Santana.

Em Janeiro de 1973 houve um grande encontro nacional de irmãos das chamadas igrejas históricas (batistas, pentecostais, luteranos, presbiterianos, metodistas, etc.), que estavam sendo batizados no Espírito Santo em muitos lugares do Brasil. Este encontro, chamado de “Renovação Espiritual”, promovido pela Igreja Batista Filadélfia de Porto Alegre, teve a especial participação de pastores e vários irmãos vindos da Argentina, entre eles Juan Carlos Ortiz e Orville Swindoll. Suas mais importantes mensagens eram: Jesus Cristo tem de ser Senhor de tudo ou não é de nada. O verdadeiro discípulo é aquele que faz tudo o que Jesus disse e obedece a tudo o que Ele manda. A adoração e o louvor tem de ser em Espírito e em verdade. O discipulado a Cristo é fundamental, a igreja tem que viver como um corpo vivo em suas juntas e ligamentos, e assim por diante. Na época surgiram dois livros que marcaram e influenciaram muitas vidas: “O Discípulo”, de J.C. Ortiz e “Jesus Cristo é o Senhor”, de Jorge Himitián.

Neste mesmo ano começaram a se encontrar irmãos que buscavam um avivamento maior para suas vidas em nossa cidade. Os pastores João de Souza (ex-pastor na Assembléia de Deus) e Telmo Paulo Weber (ex-pastor luterano, que fora batizado com o Espírito Santo no ano de 1971) começaram a se relacionar com o irmão Júlio Figueiró. Também foram “se chegando” os pastores Moacir e Ismael Ramos de Oliveira com outros mais que acabaram organizando o que chamaram a “Comunidade Cristã” do bairro Passo da Mangueira. Concomitantemente os pastores Moysés Moraes e Erasmo Ungaretti haviam sido batizados com o Espírito Santo e estavam sendo poderosamente usados por Deus em suas congregações metodistas (chamadas Institucional e Wesley). Também entre os luteranos Deus começou a usar os pastores Aloisio Hoffmann e Claudemar Rheinheimer, no que resultou, mais tarde, a Igreja Luterana de Renovação.

O estopim fora lançado, a explosão carismática iniciava com força. Na ocasião, um dos hinos mais cantados por todos era: “Obra santa do Espírito, esta causa é do Senhor. Ninguém detém, é obra santa, nem Satã ou o mundo inteiro podem apagar este ardor… esta causa é do Senhor”. Milhares de vidas foram salvas por Cristo e batizadas no Espírito Santo naquela década memorável. Os dons do Espírito operavam poderosamente: línguas com ou sem interpretação, profecias edificantes, libertação de endemoninhados, muitas curas e milagres. O poder do Espírito havia chegado para permanecer. Aleluia!


[/one_half]

Confira Também

Agenda 2016

Entre em Contato

Nos reunimos todos os domingos, 18 horas na rua Mali, 255, Vila Ipiranga, Porto Alegre.

E-mail: secretaria@igrejaempoa.com.br ou igrejapoasecretaria@gmail.com

Telefones:

3398-3285

3398-3284